7 loucuras gamers que daria pra fazer com METADE do prêmio de Round 6

Se você caiu neste artigo muito provavelmente já sabe do que se trata o fenômeno sul-coreano da Netflix chamado Round 6, ou Squid Game, como ele também é conhecido. Caso não saiba, não custa resumir do que se trata esse seriado:

Uma organização criminosa recruta secretamente os mais variados tipos de pessoas lascadas na vida (desempregados, endividados, falidos, doentes…), e assim que estão reunidos, esse pessoal tem que participar de seis brincadeiras típicas da infância, onde quem perder vai morrendo e deixando o valor do prêmio final para dividir entre os restantes.

Quanto é isso em Reais?

Uma das coisas que provavelmente despertou a curiosidade de algumas pessoas é saber o quanto esse valor oferecido é alto. E a resposta é indecente, seja aqui ou na Coreia do Sul, onde a história acontece.

Bom, primeiramente é preciso saber qual é o valor oferecido pela organização e quanto ele custa em Reais. Vamos lá. Conforme você pode ver no print acima, o ganhador desta edição levou nada menos que 45,6 bilhões de Wones, a moeda corrente na Coréia do Sul.

No atual momento desta publicação, o valor corresponde a um verdadeiro prêmio de Mega da Virada, saindo por estonteantes R$ 210.641.409,56 (Duzentos e dez milhões, seiscentos e quarenta e um mil, quatrocentos e nove Reais e cinquenta e seis centavos). É. Pois é.

O que daria para fazer com isso?

Algumas pessoas podem se desapontar com a coisa do bilhão nos Wones e achar que esse valor não é assim tão alto ao ser convertido, mas o fato é que essa grana é sim, mais do que suficiente para gerar as mais absurdas propostas em muita gente. Feita a conversão, vamos às probabilidades.

Supondo que haja um ganhador que esteja disposto a fazer caridades épicas usando apenas METADE dos prêmios (R$ 105.320.704,78), eis aqui algumas coisas que ele poderia fazer:

1 – Distribuir Kits de PS5 com todos os seus jogos do momento

No exato momento deste artigo, existem 642 jogos que rodam em um PlayStation 5. E se um vencedor do Jogo da Lula quisesse comprar TODOS os jogos + um PS5 e distribuir isso por aí, ele poderia fazer isso com um pé nas costas. E mais, sem fazer muita conta.

Apenas para exercício, fizemos a seguinte simulação: Se ele quiser levar TODOS os 642 jogos nivelando o preço deles pelo mais caro (que nem a gente faz quando pede uma pizza meio a meio) + um PS5 (atualmente custando em torno de R$ 5 mil) ele poderia escolher nada menos que 458 felizardos pra dar um kit desses para cada um.

2 – Todas as assinaturas de Streming

Sabe quanto custa assinar todas as assinaturas de streaming por mês? Como diria a mulher do meme, é mais de R$300 reais. Mais precisamente, R$ 337,30 para ter o combo máximo de todas as plataformas disponíveis no Brasil atualmente.

Com isso e R$105.320.704,78 de loucura para você assistir todos os conteúdos gamers nessas plataformas… Daria 312.246 meses pagos. Ou 26 anos. Ou 13 anos para cara um par de amigos. Ou 1 mês para 312.246 pessoas. Distribuir isso parece ser mais difícil do que ganhar os 6 jogos.

3 – Cadeira Gamer em estádios famosos

RJ define as cores das cadeiras do Maracanã: azul, branco e amarelo |  globoesporte.com
Imagine um Maracanã inteiro só de cadeira gamer.

Imagine que esse cara fosse um fanático por futebol e quisesse fazer algo único (e igualmente louco) pelo futebol brasileiro, unindo a temática gamer e o esporte preferido do Brasil. Uma loucura possível seria trocar TODAS as cadeiras de alguns dos estádios mais famosos do Brasil.

Acompanhe: Se ele for na Amazon neste momento e comprar esta cadeira gamer mais barata agora, ele pode obter nada menos que 204.426 unidades. Agora é claro, chegue com um orçamento desses e o fornecedor te entrega pelo menos mais umas 30 mil de brinde. Diante disto, Veja qual cota de cadeira gamer você poderia distribuir por alguns dos estádios mais famosos do país.

Arena Corinthians: 49,205
Morumbi: 66,795
Vila Belmiro: 16,068
Maracanã: 78,838
Castelão: 63,903
Ilha do Retiro: 35,020
Fonte Nova: 51,614
Mineirão: 62.000
Beira Rio: 50.842
Serra Dourada: 42.000

4 – Colocar você num jogo (ou seu gato)

Peace Island observatorio de games
Imagem do game Peace Island. Imagem: Reprodução

Bom, isso depende. Se estamos falando de um jogo indie, por alguns trocados você ganha uma skin por lá, aliás, até seu pet pode ser inserido com essa grana. Um tempo atrás, por exemplo, publicamos uma história de um GTA de Gatos que estava em desenvolvimento. E uma das maneiras de colaborar com o financiamento do projeto dava direito de inserir a foto de seu gato num lugar muito triste, mas bonito honroso demais. Relembre aqui.

5 – Pagar um cachê de famoso para aparecer num jogo

Free Fire: Garena faz alteração no personagem Alok; comunidade diverge |  call do gb12 | ge
Personagem de Alok no game Free Fire. (Imagem: Reprodução)

Se colocar você num joguinho independente pode ser barato, colocar um famoso num jogo famoso são outros quinhentos. Aliás, muitos quinhentos. Pegando como base o DJ Alok, que tem um personagem seu no jogo Free Fire, seriam necessários R$27 milhões para pagar o que ele já rendeu no jogo até aqui.

Ainda assim, com 105 milhões, dava para bancar quase 4 Aloks. E isso é por que é o Alok, se você parar para uma celebridade mais acessível, a brincadeira vai ainda mais longe.

6 – Passar um ano no Hotel Atari

Ainda não sabemos quanto, de fato, custará uma diária no hotel temático da Atari, isto porque a pandemia de COVID 19 ainda não deixou estrar o projeto feito pelos arquitetos da Gensler, um edifício com ares futuristas que possui uma versão com detalhes em néon reproduzindo o logotipo do console em sua fachada.

Conduto, dá para nivelar isso por cima, e fazer a seguinte suposição. Pegando como base um quarto no Waldorf Astoria Las Vegas, um dos 10 hotéis mais caros de Las Vegas, que é o Hotel da Atari vai ficar, isto sai em torno de uns R$4 mil a diária.

Assim, se você quisesse passar UM ANO no hotel da Atari, você e mais um… “player 2” gastariam R$1.460.000 por 365 dias ali. Lembrando que suas fichas dão R$ 105 milhões. Claro, Las Vegas tem quartos insanos que passam de meio milhão a diária, como a Empathy Suite, do Palms Casino Resort, mas vamos deixar isso para o CR7, sultões e afins.

7 – Chamar o Kojima para fazer um jogo AAA? NÃO DÁ.

Tome. Não é bagunçado assim não. E não é porque é o japonês Hideo Kojima que vai chamar você de chefe, não. Fazer um jogo de alto padrão é caro mesmo. De acordo com Shawn Layden, o ex-chefe do PlayStation, você precisaria do seu prêmio quase todo. Aí não rola. Bom, se rolar, leia aqui.

Bônus – E na Coreia do Sul?

O salário mínimo na Coreia do Sul é de 7.530 Wones por hora. E só para ter como base, uma micro kitnet como esta da foto custa 500.000 Wones ao mês na capital Seoul. Com o prêmio cheio, daria para pagar 91.200 alugueis como este.

Outra conta cruel é pensar que todo esse dinheiro poderia sustentar os 456 participantes do game nesses quartos por 200 meses, o equivalente a 16 anos e meio. E por fim, o exercício final para entender que os mais pobres realmente parariam para pensar nessa loucura:

Ganhando 1.204.800 Wones por mês, seriam necessários da 37.848 meses , ou mais de 3154 anos de trampo. Contudo, eis aqui um último número que nós do Observatório de Games observamos nesse game macabro:

Se TODOS os 456 os participantes entregassem um salário mínimo naquele cofre do porco, seriam necessários 8 anos para dar o valor oferecido. O prêmio tem 45.600.000.000 (oito zeros). Coincidência ou crueldade calculada? Talvez a gente saiba na próxima temporada.

, Marx Walker , 2021-10-08 19:14:33 ,

No comments

Deixe uma resposta

Publicidade

Publicidade

Jogos!

Buscador – Encontre tudo que precisa na Internet!