Experimento coloca ratos para jogar um clássico dos games

Após o incrível e curioso experimento de Elon Musk, que fez um macaco jogar videogame com a mente, chegou a vez de um neuroengenheiro chamado Viktor Tóth colocar ratos para jogar um clássico dos clássicos: Doom. Conforme o PC Gamer relatou, Tóth passou o ano passado inteiro se perguntando se poderia treinar ratos para jogar o game.

Pois bem, após construir um sistema novo semelhante a VR para os ratos, criar um método de entrada para eles e até mesmo projetar um programa de treinamento, além de um sistema de recompensa para eles participarem, Tóth meio que conseguiu obter êxito com o experimento.

Ele explicou que depois de usar um monitor grande para criar uma experiências pseudo-VR para os roedores, ele começou a treinar três ratos usando métodos automatizados, com intervenção mínima de sua parte. O objetivo principal era ensinar os ratos a percorrerem um pequeno corredor renderizado em Doom II, eventualmente chegando ao final do minúsculo nível. O menor nível contém um único demônio que pode ser morto, e a configuração estranha de Tóth ofereceu uma maneira para os ratos explodirem o monstro com a espingarda do jogo. Então, foi descoberto que treinar ratos para atirar em demônios era complicado, e ele ‘não teve tempo de realmente reforçar o comportamento’.

Como os ratos jogam Doom?

Um único rato é colocado em um pequeno arnês, e em seguida, colocado em cima de uma bola de poliestireno conectada a sensores de movimento. A bola fica em alguns rolamentos, e o rato pode mover a bola para se mover no jogo. Na frente do rato tem um grande monitor curvo, cercando-os e criando um ambiente semelhantes ao de realidade virtual. Pela explicação dada agora, parece fácil colocar ratos para jogar, mas é muito mais complicado do que parece.

Por que é complicado?

O objetivo de Tóth não era apenas levar os ratos para o jogo, em vez disso, ele espera fazer experimentos futuros de VR usando roedores mais baratos, mais acessíveis e menos estressantes para o sujeito de teste. “A promessa do projeto é uma configuração VR relativamente barata (<US$ 2.000) que treina automaticamente roedores para atravessar ambientes 3D sem restringi-los muito, ao mesmo tempo em que evita procedimentos cirúrgicos para fornecer as circunstâncias menos estressantes para eles. As plataformas de VR para roedores tiveram sua presença em experimentos de neurociência no passado; Espero ver mais estudos desse tipo em breve!”, disse ele. O que achou do experimento?

Via: Zack Zwiezen/Kotaku

Karla Sthefany , Observatório de Games.

Fonte: Observatório de Games.

ter, 23 nov 2021 18:46:10 -0300

No comments

Deixe uma resposta

Publicidade

Publicidade

Jogos!

Buscador – Encontre tudo que precisa na Internet!