Influencer da Warrior sofre ataque de racismo durante partida e empresa se manifesta

A Warrior, que representa a divisão gamer da Multilaser, emitiu uma nota à imprensa para se posicionar sobre o caso de racismo envolvendo o influencer Daniel “Buero” Jesus, que faz parte do Clan Warrior. Confira o comunicado, que também relata o ocorrido:

A Warrior – marca gamer da Multilaser Industrial S/A – comunica à imprensa seu posicionamento acerca do episódio que ocorreu neste domingo (09) com o influenciador Daniel “Buero” Jesus, integrante do Clan Warrior – programa de incentivo a novos streamers e influenciadores. O embaixador da marca sofreu ataques de racismo ao fim de uma partida, sendo ofendido por outro jogador que estava no mesmo lobby que ele.

A Warrior reafirma seu compromisso com o respeito ao próximo e alerta comunidade e imprensa que não compactua com esse tipo de agressão, que, inclusive, é tipificada como crime conforme Lei nº 7.716 de 5 de janeiro de 1989, que “pune todo tipo de discriminação ou preconceito, seja de origem, raça, sexo, cor, idade”.

A Warrior, que sempre se posicionou contra atos racistas, lamenta o acontecido e informa que encontra-se proporcionando toda ajuda necessária a Buero, profissional extremamente capacitado, que sempre demonstrou estar disposto a criar e entregar conteúdos de qualidade, sempre contribuindo como o bem da comunidade.

Marx Walker , Observatório de Games.

Fonte: Observatório de Games.

qua, 12 jan 2022 21:20:44 -0300

No comments

Deixe uma resposta

Publicidade

Publicidade

Jogos!

Buscador – Encontre tudo que precisa na Internet!