Falsificador de jogos retrô é preso após faturar mais de R$500 mil

Após passar anos vendendo jogos retrô, um falsificador habilidoso foi descoberto e preso. O grupo Big Box PC Game Collectors demitiu Enrico Ricciardi depois que vários membros apresentaram cópias falsificadas de jogos clássicos que haviam comprado de Ricciardi. Estima-se que o homem chegou a faturar mais de R$ 500 mil reais.

Através de um documento público, o grupo detalhou sua investigação e evidências subsequentes contra Ricciardi. “Se você recebeu jogos de [Ricciardi], verifique-os atentamente e compare com os originais conhecidos”, falou.

“Aconselho a presumir que eles são falsos, porque nossa investigação descobriu um pouco mais de falsificações do que reais”, disse ainda. A investigação começou depois que um membro comprou Akalabeth, um primeiro lançamento do Templo de Apshai e uma Casa Misteriosa Japonesa de Ricciardi. No entanto, essa pessoa sentiu que algo estava errado em sua nova coleção e confrontou o falsificador sobre sua validade.

Alguns dos sinais indicadores de que os vários jogos forjados por Ricciardi eram de fato falsos eram coisas como furos nas embalagens que pareciam ser cortados à mão, materiais impressos que não pareciam estar alinhados com os processos de impressão da época de lançamento de um jogo e impressões de uma cor muitas vezes parecendo ser impressões de quatro cores.

Uma outra revelação de que esses jogos eram falsificados é que não havia dados de jogos nos discos quando testados. Abaixo, você pode ver alguns exemplos de falsificações de Ricciardi:

(Foto: BBPGC)
(Foto: BBPGC)

O grupo Big Box PC Game Collectors publicou um ‘guia anti-golpistas’ para os consumidores, após esta investigação. Que barra…

Via: Victoria Kennedy/Eurogamer

Karla Sthefany , Observatório de Games.

Fonte: Observatório de Games.

qui, 02 jun 2022 17:54:34 -0300

No comments

Deixe uma resposta

Publicidade

Publicidade

Jogos!

Buscador – Encontre tudo que precisa na Internet!