Chineses clonam jogo de Pokémon e são processados

A The Pokémon Company está processando seis empresas chinesas por violação de direitos autorais e comportamento desleal em um jogo para celular. O game está sendo acusando de ter semelhanças com a franquia japonesa.

Está sendo dito que as seis empresas operam o jogo chinês sem permissão desde 2015, segundo um documento na bolsa de valores divulgado na quinta-feira pela Jiangyin Zhongnan Heavy Industries Co., listada em Shenzhen, uma das acusadas.

A empresa que licencia a franquia dos monstrinhos de bolso em todo o mundo solicitou ao Tribunal Popular Intermediário de Shenzhen uma ordem para interromper o desenvolvimento, distribuição, operação e promoção do jogo, segundo o documento.

A empresa com sede em Tóquio também está reivindicando indenização de 500 milhões de yuans (US$ 72,5 milhões) e exigindo que as empresas acusadas emitam desculpas em sites populares chineses e plataformas de mídia social, incluindo Sina.com, Tencent.com e NetEase.com, bem como nas principais lojas de aplicativos móveis.

A Zhongnan Heavy Industries falou em seu arquivamento que o caso ainda não foi ouvido no tribunal, e que por conta disso era “impossível julgar o impacto nos lucros atuais ou futuros da empresa”.

O jogo em questão, Pocket Monster Reissue, está disponível atualmente para download na App Store chinesa e em vários lojas de aplicativos Android na China, incluindo aquelas administradas pela Tencent Holdings, Huawei Technologies Co e Xiaomi.

Via: Ann Cao/South China Morning Post

Karla Sthefany , Observatório de Games.

Fonte: Observatório de Games.

qui, 01 set 2022 17:09:50 -0300

No comments

Deixe um comentário

Publicidade

Publicidade

Jogos!

Buscador – Encontre tudo que precisa na Internet!