Riot detalha nova rodada de investimentos em campeonatos femininos

A Riot Games anunciou hoje as datas de início de dois novos campeonatos dedicados ao público feminino em 2022: Ignis Cup, de League of Legends (LOL), e o Wild Circuit: Game Changers, de League of Legends: Wild Rift.

As competições começam em outubro e a premiação de cada uma será de R$110 mil. Em ambas modalidades teremos duas classificatórias abertas, classificando as oito melhores equipes para os playoffs, e celebraremos a final com um evento presencial nos estúdios da Riot Games, com presença de público –  algo inédito também nos campeonatos femininos organizados pela Riot Games.

Estes novos campeonatos fazem parte da nossa estratégia de implementar torneios e formatos para incentivar o cenário feminino, e vêm fortalecer o ecossistema de Esports. E, como anunciamos no início do ano, esta é uma das prioridades de atuação para a Riot Games. Com estas iniciativas, queremos abrir caminho para um movimento de incluir, no lado esportivo, as mulheres que têm a intenção de entrar no mercado, no segmento de Esports”, afirma Carlos Antunes, Head de Esports da Riot Games no Brasil.

Marcas de peso estão com o nome na competição

Os campeonatos em foco também contam com a parceria de grandes e importantes marcas, assim como o Game Changers de VALORANT. Santander e Heineken 0.0, que já são parceiras da Riot Games no Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLOL), agora fazem parte da Ignis Cup. Já Coca-Cola e Motorola se juntam à Riot Games para a realização do Wild Circuit: Game Changers.

A realização das qualificatórias para a Ignis Cup será em parceria com Gamers Club, que também será responsável pela operação de um dos qualificatórios do Wild Circuit: Game Changers. O segundo qualificatório do Wild Circuit: Game Changers será realizado em parceria com o Ravenão, torneio feminino de Wild Rift organizado pela caster Ravena Dutra.

As transmissões da Ignis Cup irão acontecer no canal oficial da Gamers Club na Twitch durante as duas qualificatórias e no canal oficial do CBLOL na Twitch e Youtube nos playoffs e final. Já para o Wild Circuit: Game Changers, as transmissões ocorrerão nos canais da Gamers Club na Twitch, para a primeira qualificatória e no canal oficial da Ravena no Twitch para a segunda qualificatória. Durante os playoffs e final, você poderá acompanhar através dos canais oficiais do Wild Tour Brasil: Twitch, YouTube e TikTok

Cenário feminino de Esports na Riot Games

Desde 2021 a Riot Games realiza o VALORANT Game Changers – campeonato feminino do FPS da Riot Games, com duas edições por ano. A primeira de 2022 coroou a Team Liquid como a grande vencedora, em uma disputa com a Gamelanders Purple.

Após uma vitória por 3×0, as campeãs levaram o prêmio de R$35 mil para casa e as vices ficaram com a premiação de R$24 mil. Ainda neste segundo semestre acontece mais uma edição do torneio.

Mais ações

Além disso, desde o início de 2022, a Riot Games está trabalhando em uma série de parcerias para apoiar e estimular o cenário feminino competitivo de League of Legends, com o objetivo de  permitir que, cada vez mais mulheres vejam nos Esports do LOL um espaço inclusivo e acolhedor, seja jogando competitivamente ou desenvolvendo-se como streamers ou casters. Inicialmente, os projetos apoiados pela Riot Games são três: Inhouse Jinx (servidor de Discord criado exclusivamente para mulheres dentro do League of Legends); ReveLAH Casters (voltado à mentoria e treinamento profissional para mulheres que desejam ser casters, streamers e criadoras de conteúdo); e torneios amadores, em parceria com a Gamers Club, na amplificação da Goddess Cup com edições regulares ao longo do ano.

Redação , Observatório de Games.

Fonte: Observatório de Games.

sex, 14 out 2022 21:17:10 -0300

No comments

Deixe um comentário

Publicidade

Publicidade

Jogos!

Buscador – Encontre tudo que precisa na Internet!