God of War Ragnarok é a versão mais brutal da franquia

A Santa Monica Studios está preparando o lançamento de God of War Ragnarok, a sequência do aclamado título de 2018. Durante uma série de entrevistas, eles acabaram revelando novos detalhes sobre a nova experiência, inclusive que o jogo é mais violento que o título anterior.

Os membros da equipe de desenvolvimento falaram que o novo título é uma continuação do jogo anterior e apesar de existirem diversas novidades, é uma experiência familiar. O foco foi para a melhoria e otimização do gameplay, com o aprofundar dos sistemas e não para o revolucionar da experiência.

Sendo assim, o designer dos combates, Mihir Sheth, diz que apesar de familiares, os combates serão muito mais violentos e Kratos não terá nenhum piedade para executar os diversos inimigos que encontra. “Aumentamos imenso os níveis de brutalidade em God of War Ragnarok e penso que é algo que torna ainda mais divertidos certos aspectos do jogo,” falou Sheth.

“Em God of War de 2018, quando consegue as Blades of Chaos, você não tem muitas oportunidades para ver estas armas fazer o tipo de coisas que fazem nos God of War clássicos.”

A forma como derrubam inimigos é muito brutal e isso é algo que recuperamos para God of War Ragnarok, por isso o sistema que te permite atordoar os inimigos e agarrá-los com o R3 para os executar é agora muito mais brutal e usa muito mais o machado e as Blades of Chaos para executar as execuções”, disse ainda.

Se você ainda não entendeu, God of War de 2018 é um jogo EXTREMAMENTE violento, e Ragnarok será AINDA MAIS, algo que vai deixar qualquer fã +18 da série super empolgado! Ansioso?

Via: Bruno Galvão/Eurogamer

Karla Sthefany , Observatório de Games.

Fonte: Observatório de Games.

ter, 25 out 2022 16:37:33 -0300

No comments

Deixe um comentário

Publicidade

Publicidade

Jogos!

Buscador – Encontre tudo que precisa na Internet!