Empresa de Elon Musk demite funcionários que criticaram o bilionário

Uma das empresas comandadas pelo bilionário Elon Musk, a Tesla, está sendo acusada de demitir alguns funcionários de forma ilegal apenas porque eles criticaram o magnata.

De acordo com o Bloomberg, a empresa de carros elétricos demitiu dois funcionários depois que eles fizeram algumas reinvindicações internas na empresa, além de terem feito algumas críticas sobre o comportamento do CEO no Twitter.

As demissões parecem ter acontecido antes de Musk assumir o Twitter, ainda em junho desse ano, mas só agora veio à tona a acusação. Segundo as informações, o desligamento dos funcionários aconteceu pouco tempo depois que eles enviaram um documento pedindo para que não voltassem a trabalhar no escritório, direto para o corpo diretivo da empresa.

Os funcionários demitidos teriam criticado a forma como Musk se comportava no Twitter em relação as suas postagens, alegando que o comportamento dele era prejudicial para a Tesla. E uma curiosidade a respeito das demissões é que um dos funcionários chegou a ter seu salário aumentado durante o período de reclamação.

Sobre a acusação, a Tesla alega que o desligamento dos funcionários ocorreu porque ambos tiveram uma ‘conduta ofensiva’ contra a empresa. Por sua vez, o time de defesa dos trabalhadores alegou que o documento e as críticas tiveram tons ‘normais’.

Via: Larissa/Hardware

Karla Sthefany , Observatório de Games.

Fonte: Observatório de Games.

sex, 23 dez 2022 17:16:00 -0300




Jogue agora!

Veja as últimas noticias!

5874