Morphis Tech lança ferramenta para ajudar no apagão de profissionais de tecnologia em todo o mundo

A Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação e de Tecnologias Digitais calcula que em cinco anos serão criados quase 800 mil novos postos de trabalho na área de TI, porém o Brasil forma pouco mais de 53 mil profissionais desse segmento por ano no país.

Em meio a esse cenário, a empresa portuguesa Morphis Tech anunciou o lançamento do K.Explorer, uma ferramenta baseada em inteligência artificial, a primeira do gênero a ser desenvolvida mundialmente e a primeira em Portugal e no Brasil.

Focada na modernização de aplicações e sistemas de TI legados para ligação com a nuvem, a empresa portuguesa investiu R$ 10,1 milhões no desenvolvimento dessa ferramenta, ao longo de um ano, que é um mecanismo de busca temático (JAVA, C#, Javascript ou Typescript), onde os programadores procuram código para assegurar uma determinada função ou resolução de um problema.

O K.Explorer fornece sugestões para o código que mais se adequa a essa função ou esse problema, sendo por isso anunciado como um contribuidor para problemas de escassez de talentos em TI.

A empresa acredita que este tipo de ferramenta baseada em IA representa hoje o futuro. “A IA está em inúmeras vertentes do nosso dia a dia e o processo de desenvolvimento de software é um dos aspectos em que a IA vai ter um papel determinante”, diz Luís Andrade, fundador e CEO da empresa. “O K.Explorer contribuirá ativamente para a escassez de oferta de mão de obra qualificada, que advém da enorme dependência de software e tecnologia que se verifica em todas as indústrias por todo o mundo”, explica. “O K.Explorer não deverá ser apenas um ‘acelerador ortográfico/sintático’ como vemos hoje, por exemplo, na utilização de rescrita de mensagens dos nossos smartphones. É muito mais que isso: sugere o código que melhor resolve um determinado problema. O valor não está em escrever código mais rapidamente, mas sim, melhor o código. É aqui que está o verdadeiro valor agregado”.

O K.Explorer permite sugerir ao developer o código que melhor resolve um determinado problema ou função.

Segundo Francisco Neto, gerente de desenvolvimento de negócios, a Morphis Tech posiciona essa nova ferramenta como um produto para empresas que desenvolvem software para comercialização, para quem presta serviços de desenvolvimento aplicacional para outras empresas, ou para organizações que desenvolvem seus próprios sistemas.

O produto estará disponível em três versões:

– Community: que pode ser usada sem custos para pesquisar código público

– Professional: que integra pesquisa e code assist

– Enterprise: para organizações que querem utilizar o K.Explorer com código público, mas também pretendem ter a possibilidade de usar o modelo para treinar o seu próprio código corporativo.

Sobre a Morphis Tech:

A Morphis Tech, fundada em 2013, é uma empresa portuguesa de software responsável por oferecer soluções que contribuem para agilizar as resoluções de problemas de modernização de sistemas legados de TI, incluindo aplicações em nuvem, para empresas em todo o mundo, economizando tempo, dinheiro e recursos de seus clientes. A Morphis Tech expandiu sua atuação com a abertura de escritórios em países como U.K., Espanha, Brasil e Estados Unidos.

Para mais informações, acesse: www.morphis-tech.com

LinkedInhttps://www.linkedin.com/company/morphis-technologies/

Nicolas Cantagesso , Observatório de Games.

Fonte: Observatório de Games.

seg, 19 dez 2022 09:12:31 -0300




Jogue agora!

Veja as últimas noticias!

5874