15 jogos de SNES INFERNAIS de zerar

Todo mundo que teve um SNES (ou jogou com ele ems locadoras ou casa de amigos) tem ou se lembra de um jogo nojento pra zerar nesse console. Nada contra os videogames que vieram depois, cada um tem suas buchas, mas o que foi vivido nessa caixinha cinza de 16 bis da Nintendo mexeu com orgulho de muita gente. Confira (sem ranquear) 15 games que frustraram muita gente.

1 – Rei Leão

Gráficos fofinhos, trilha legal, cenário simples, bem facinho de começo. Tudo mais traiçoeiro que o Mufasa, esse jogo é mais difícil que assistir o Rei Leão sem chorar. Da terceira fase pra lá não tem Hakuna Matata, e os seus problemas você não vai esquecer. Dá pra zerar em menos de uma hora? Dá, mas não sem se aborrecer com algumas mortes repetitivas que vão lhe tirar o humor e querer jogar isso depois.

2 – Super Ghouls ‘n Ghosts

Antes desse jogo, havia o Ghosts’ n Goblins, que rendeu legal e foi relativamente zerado com alguma facilidade. Diante disso, parece que a Capcom achou interessante deixar a aventura um pouco mais difícil em Super Ghouls ‘n Ghosts.  O resultado: Mais riscos na tela, um cara com uma armadura furreca e uma locomoção que parecia arrastada pelo cenário. Ficou hard ao ponto de se perder a paciência com alguns minutos de jogo.

3 – Battletoads

Pergunte para qualquer veterano que jogou isso se ele teve uma experiência tranquila. Teve não. Ele e esses sapos infames penaram pra zerar essa aventura. Não se iluda com o gameplay acima, jogue em alguma emulador e volte aqui de cabelo branco pra desmentir a gente.

4 – Os Simpsons: Bart’s Nightmare 

Muitos games daquela época tinham uma resposta bem sofrível em seus comandos no joystick. No pesadelo de Bart era um pesadelo dentro do outro. Junte isso a algumas fases chatinhas e pronto, o sonho de ter um jogo dos Simpsons lhe faria perder o sono, dividido entre o cansaço e a indignação por morrer em coisas bestas.

5 – Donkey Kong Country 2: Diddy’s Kong Quest

Perceba você que é nesta época em que o bicho começa a pegar ainda mais na plataforma, pois era a primeira franquia que demandava horas e horas de conteúdo pra zerar um de seus jogos. A diferença é que agora estávamos diante de uma porrada de cenários criativos, mas não menos desafiadores e pirracentos.

6 – Earthworm Jim 2

O 1 já era muito difícil, mas esse daqui era de ir pescar. Pelo menos lá a minhoca faria sua missão suicida e você conseguiria comer um peixe com sorte. Assista o gameplay acima e verifique do que estamos falando, ou jogue, e venha aqui depois pedir um abraço.

7 – Jurassic Park

Essa era uma época em que era fácil aceitar que um jogo seria simplesmente impossível. E parte dessa frustração se deve a Jurrassic Park. Confuso e difícil, esse game começa simples, mais não demora até que surja um labirinto de quebra-cabeças, segmentos desajeitados em primeira pessoa e inimigos que podem surgir e matá-lo do nada.

8 – ActRaiser 2

Outro game em que o original foi difícil, mas o segundo chegou para humilhar geral. Sua mistura de plataforma, ação e construção de cidade é tão impressionante que você meio que perdoa por seus picos de dificuldade. Assista acima e se canse.

9The 7th Saga 

O SNES é corretamente lembrado como a casa de alguns dos melhores RPGs já feitos, mas poucos desses RPGs são necessariamente lembrados entre os jogos mais difíceis do console. Sendo esse o caso, você pode entrar em um jogo como The 7th Saga sentindo-se bastante confiante. 

Em caso afirmativo, considere este seu aviso justo de que The 7th Saga é absolutamente um dos jogos de 16 bits mais difíceis de todos os tempos. Por alguma razão, os desenvolvedores deste jogo decidiram tornar a versão americana do jogo ainda mais difícil do que já era. O resultado é um projeto com desafios típicos de RPG amplificados pelo fato de que os inimigos podem sobreviver a uma quantidade absurda de danos que torna a moagem de níveis mais importante do que nunca. Infelizmente, a versão americana do jogo torna o nivelamento ainda mais lento do que antes, o que significa que as batalhas já desafiadoras parecem muito mais trabalhosas.

10 – Super Star Wars: O Império Contra-Ataca

Empire Strikes Back está em outro patamar de análise. Budistas perderiam a paciência com esse game, que tem na parte da neve mortes inevitáveis a cada passo, e o game over ainda vem com Mestre Yoda te dando uma bronca. Esse game é uma das adaptações mais fieis que se viu entre um filme e seu game na época. Salvar a galáxia não é fácil nem nos games.

11 – Contra III: Alien Wars

Ok, meio que pleonasmo falar “jogo difícil” e “Contra 3” na mesma frase, mas vamos lá. Conforme lembra o Den of Geek, esse é um game PROJETADO para ser frustrante, e é por esses e outros motivos que essa franquia é, para muitos, a coisa mais difícil que eles já jogaram num videogame. O vídeo acima é o do chefão final, assista e veja se tinha alguém brincando na hora de fazer esse jogo. Tinha não. Em Contra 3, quem terminou ficou com vontade de por isso num currículo.

12 – Hagane: The Final Conflict n

Os anos 90 era uma época em que muita gente não tinha como jogar tudo que saia. Aliás, muita coisa acabava nem vindo muito para o Brasil. Esse game até veio, mas não foi muito popular por aqui. Mas tão raro quantos os que jogaram foram os que conseguiram zerar essa missão de um ciborgue ninja chamado Hagane.

Contudo, ser um ciborgue e um ninja no mesmo personagem era algo demais até mesmo para os games daquela época. A mecânica era muito complicada e isso quase sempre resultava em manobras erradas que ceifavam a vida do jogador. Ainda assim, um baita jogo.

13 UN SQUADRON

Obviamente, precisa haver um jogo de tiro ao estilo side-scrolling nesta lista. Aqueles jogos onde a tela vai avançando enquanto o cenário se enche de inimigos e um vespeiro de projéteis te ataca, deixando a sensação de que todos os pixels do jogo estão contra você: tem quem ame, tem quem odeie, e dizem que tem quem zera. Por aqui, desconhecemos tal ser.
Mas se tem um game que pode figurar na lista com mérito entre os infernais, este jogo é UN SQUAD. Mais um vídeo que assistir é melhor que se lascar jogando.

14 – Zumbis Comeram Meus Vizinhos 

Em uma época em que os jogos de zumbis ainda eram uma novidade (o que parece uma vida inteira atrás), Zombies Ate My Neighbours permitia que os jogadores testassem sua coragem contra uma horda de mortos-vivos enquanto desfrutavam de visuais criativos e coloridos complementados por um esquema de controle bastante rígido. Superficialmente, não parece que seria um dos títulos SNES mais difíceis. De momento a momento, não tenho certeza se é.

No entanto, Zombies Ate My Neighbours realmente ganhou essa distinção entre os jogadores que realmente tentaram vencer este jogo. Zombies Ate My Neighbours não só apresenta cerca de 50 níveis (cada um dos quais é mais difícil do que o anterior), mas o sistema de recursos do jogo significa que mesmo um pequeno erro em um nível pode tornar cada nível que vem depois ainda mais desafiador do que seria caso contrário, seja. O ataque constante de chefes que exigem recursos também pode facilmente desgastar a paciência até mesmo dos jogadores mais compostos.

Mesmo entre a comunidade de speedrunning (à qual pertencem alguns dos jogadores mais habilidosos do mundo), Zombies Ate My Neighbours é considerado um dos jogos mais difíceis de todos os tempos, de uma perspectiva completista. Se você realmente pensar sobre isso, provavelmente perceberá que nunca realmente chegou tão longe no jogo, não importa o quanto você tenha jogado. 

15 – Castlevania: Drácula X

Castlevania: Dracula X SNES

Com Super Castlevania 4 , a Konami atrasou um pouco as coisas, concedendo ao jogador mais controle sobre seu personagem. O jogo ainda era difícil, mas o fato de permitir que você fizesse coisas como balançar o chicote em qualquer direção o tornava muito mais acessível do que qualquer coisa que viesse antes. 

Castlevania: Dracula X , por outro lado, joga tudo isso pela janela e substitui os controles expandidos por mais riscos ambientais do que nunca. Considerado o “verdadeiro” sucessor de Castlevania 3 devido aos seus controles retro e design, Drácula X também pode ser considerado o jogo mais difícil em uma franquia sinônimo de dificuldade. Quase não há margem para erro neste título de ação, já que quase todos os saltos e golpes podem encerrar sua corrida se não forem executados perfeitamente. Acereja no topo deste aqui é uma luta final contra o chefe Drácula que o força a pular através de plataformas minúsculas enquanto você tenta derrotar o que já seria um chefe difícil, mesmo sem o truque. É um pesadelo apropriado para uma experiência de jogo.

Redação , Observatório de Games.

Fonte: Observatório de Games.

sáb, 24 dez 2022 15:02:00 -0300




Jogue agora!

Veja as últimas noticias!

5780