Chineses são processados sob acusação de copiar Valorant

A Riot Games entrou com vários processos contra a editora chinesa NetEase, alegando que seu jogo pra celular, Hyper Front, infringe os direitos autorais de seu próprio título, Valorant.

Segundo a Polygon relatou, a empresa abriu processos no Reino Unido, Alemanha, Brasil e Cingapura, todos focados em semelhanças entre os dois títulos quando se trata de personagens, mapas, armas, skins de armas e até mesmo estatísticas de armas.

Valorant foi originalmente anunciado em outubro de 2019 como Projeto A, entrou em um beta fechado em abril de 2020, antes de ser lançado no PC em junho de 2020. Em junho de 2021, a Riot Games anunciou que estava desenvolvendo uma versão móvel do Valorant.

Em seu registro, compartilhado pela Polygon, a Riot Games afirma que o desenvolvimento do Hyper Front começou em março de 2020, que o jogo entrou em um beta aberto em agosto de 2021 como Projeto M, com o jogo completo lançado em janeiro de 2022.

A Riot Games já havia feito reclamações à NetEase sobre semelhanças entre o jogo, dando o exemplo do herói de Valorant, Omen, e de Nemesis, de Hyper Front.

Processo da Riot Games
Processo da Riot Games (Foto: Reprodução)

A NetEase abordou essas reclamações, incluindo o redesenho desse personagem, mas a Riot Games ainda acredita que o herói Hyper Front, assim como muitos outros aspectos do jogo, ainda infringem seus direitos.

Processo da Riot Games
Processo da Riot Games (Foto: Reprodução)

Falando à Polygon, o advogado da Riot Games, Dan Nabel, disse: “Todas as nossas escolhas criativas são espelhadas no jogo da NetEase”. Agora, a Riot está pedindo aos tribunais que ordenem o fechamento do Hyper Front e solicitando danos “substanciais”, embora a empresa não tenha especificado um valor.

A Riot Games está atualmente envolvida em outra batalha legal em andamento sobre violação de direitos autorais, tendo repetidamente tentado processar a desenvolvedora chinesa Moonton Technology. A empresa afirma que o título de Moonton, Mobile Legends: Bang Bang, é uma cópia do principal título da Riot, League of Legends.

O último processo foi arquivado por um tribunal dos EUA no mês passado, que decidiu que a disputa deveria ser resolvida na China.

Via: James Batchelor/Games Industry

Karla Sthefany , Observatório de Games.

Fonte: Observatório de Games.

seg, 12 dez 2022 17:11:05 -0300




Jogue agora!

Veja as últimas noticias!

5780