Criador de Doom explica porque irá participar de convenção “tóxica e orgulhosa”

John Carmack, um dos principais desenvolvedores que trabalham nos títulos originais Wolfenstein 3D, Quake e Doom, anunciou que vai participar da BasedCon, uma convenção de ficção científica autoproclamada “anti-woke“, e as pessoas não estão felizes com isso. Ao longo dos anos, Carmack trabalhou em tecnologia de ponta em vários nichos, como VR e jogos, o que levou muitos a se espelharem nele.

Embora Carmack não trabalhe com a id Software há algum tempo, tendo deixado o estúdio em 2013 para se juntar ao Oculus VR, quantificar seus efeitos na indústria de jogos em geral seria difícil, se não totalmente impossível. Grande parte da tecnologia gráfica central que permitiu grandes saltos na fidelidade visual nos anos 2000 pode ser rastreada ao trabalho de Carmack, com um dos destaques particularmente notáveis sendo a renderização de sombra então avançada de Doom 3.

Fora a recente saída de Carmack da Meta, ele não vinha fazendo muitas manchetes até anunciar por meio de sua conta no Twitter que participaria da BasedCon deste ano. Uma convenção de ficção científica para pessoas “cansadas de propaganda woke”, a BasedCon promete se posicionar contra locais que “empurram dogmas de justiça social”.

Depois que os fãs de Carmack o chamaram no Twitter, ele disse que era lamentável que o organizador da convenção o fizesse “tão intencionalmente provocativo”, explicando que a política não era um tópico quando ele participou do evento pela última vez. Confira a seguir a postagem e a tradução da explicação dos motivos de sua participação.

“Meus comentários sobre BasedCon. É lamentável que Rob tenha tornado o BasedCon tão intencionalmente provocativo. Eu disse isso a ele depois do evento do ano passado – me senti um pouco desconfortável. Há um grupo demográfico que dá as boas-vindas à postura direta, mas afasta as pessoas simpáticas que, de outra forma, ficariam felizes em falar sobre artesanato, histórias e tecnologia.

Mesmo quando alguém lhe dá um sinal claro, é um erro extrapolá-lo para toda uma constelação de crenças e comportamentos e, então, assumir que são contagiosos por associação. Isso engana muita gente. Não sou um guerreiro cultural e não quero desferir golpes contra ninguém. Não sigo ativistas de nenhum dos lados, incluindo Rob, porque tendo a pensar que toda a negatividade e ressentimento são prejudiciais tanto para o autor quanto para o alvo.

A história por trás: Eu gosto de histórias de ficção científica pesadas com um pouco de vibração libertária competente. Eu tenho desde Heinlein, mas não é um gênero mainstream. As pessoas aqui no twitter me apresentaram alguns autores contemporâneos que coçam aquela coceira, e eu felizmente li meia dúzia de novos livros nos últimos anos de autores que de outra forma eu desconhecia.

É ótimo poder receber uma recomendação, ler um livro, depois mandar uma DM para o autor e dizer “Ei, gostei do seu livro!” Um desses autores era Rob Kroese, que começou a organizar uma pequena reunião de autores e fãs que se afastaram um pouco do mainstream da ficção científica/fantasia.

Este é um pequeno nicho de nicho, mas eu tive conversas no Twitter com três dos autores presentes e estava interessado no contraste com as grandes convenções comerciais de ficção científica/fantasia das quais participei.

Inicialmente, eu iria aparecer apenas como um fã, mas acabei dando uma palestra sobre IA e participando de painéis sobre romances aeroespaciais e de verificação de fatos. Conheci vários outros autores e voltei com uma mochila cheia de novos livros para ler. A política não surgiu nenhuma vez em minhas conversas.”

Embora Carmack tenha explicado que ele não é um “guerreiro da cultura” e que sua participação na BasedCon não trai nenhuma inclinação política em particular, seu público ainda está bastante descontente com o fato de que ele está indo. A situação está bastante confusa neste momento, mas parece improvável que Carmack mude de ideia sobre a convenção anti-woke, considerando seus comentários sobre o assunto.

Mas o que é Woke?

Conforme publicado pelo site da BBC, Woke, seria “Acordei”. Este é o significado literal da palavra woke, passado do verbo wake, que significa “acordar, despertar”. Mas recentemente o termo ganhou significados bem mais amplos. Na gíria norte-americana, ser ou estar woke pode indicar com quais posturas políticas você se mais se identifica.

O uso de woke surgiu na comunidade afro-americana. Originalmente, ele queria dizer “estar alerta para a injustiça racial”. Ainda segundo o site da BBC, “assim como algumas pessoas se autodefinem com muito orgulho como alguém woke, ou atento contra a discriminação e a injustiça, outros utilizam o termo como insulto.”

Ou seja, para algumas pessoas, ser woke é ter consciência social e racial, questionando paradigmas e normas opressores historicamente impostos pela sociedade. Já para outros, o termo descreve hipócritas que acreditam que são moralmente superiores e querem impor suas ideias progressistas sobre os demais.

Os críticos da cultura woke questionam principalmente os métodos coercitivos adotados por pessoas que eles acusam ser “policiais da linguagem” — sobretudo em expressões e ideias consideradas misóginos, homofóbicos ou racistas.

Um método que vem gerando muito mal estar é o “cancelamento”: o boicote social e profissional, normalmente realizado por meio das redes sociais, contra indivíduos que cometeram ou disseram algo que, para eles, é intolerável.

Para as pessoas woke, trata-se de uma forma de protesto não violento que permite empoderar grupos historicamente marginalizados da sociedade e corrigir comportamentos, especialmente nos setores mais privilegiados que, até agora, eram parte do status quo e persistiam sem punição, nem mudança.

Mas os críticos afirmam que o cancelamento é a correção política levada ao extremo e que ele atenta contra a liberdade de expressão e “os valores tradicionais norte-americanos”.

Via: BBC/Game Rant

Alan Uemura , Observatório de Games.

Fonte: Observatório de Games.

sex, 19 maio 2023 11:27:32 -0300

Jogue agora!

Veja as últimas noticias!

10226

Publicidade