Dia do Batman: Comemore o dia com esses 5 jogos do Cavaleiro das Trevas com a Viper Pro Gamer

Observatório de Games.

No dia 16 de setembro, fãs de todo o mundo se reunirão para o Dia do Batman, celebrando seu amor pelo super-herói característico da DC, um dos personagens mais duradouros da cultura popular. Para comemorar esta tradição anual, a DC e a Warner Bros. Discovery estão preparando uma seleção incrível de conteúdos e atividades para fazer do Batman Day 2023 uma experiência incrível em todo o mundo!

E a Viper Pro Gamer também não fica atrás, já que preparou essa lista com 5 dos melhores jogos do Cavaleiro das Trevas para que os fãs possam passar o dia jogando e relembrando as melhores aventuras no universo gamer. E para isso comemorar o Dia do Batman, que tal separar um novo headset como o Python Viper Pro?

Em um jogo, o som é uma parte fundamental da experiência e uma boa qualidade de áudio o Python entrega com elegância. Seu design anatômico garante com que os seus Falantes produzam uma experiência sonora rica e imersiva e seu microfone consegue captar o áudio com clareza para as suas calls. Com certeza, essa é uma das melhores formas de comemorar com estilo!

5. Batman Arkham VR

Batman Arkham VR é realmente um game muito bom, mesmo que seja em Realidade Virtual. Esta fantasia escapista de uma experiência de realidade virtual foi lançada em 2016 e é tecnicamente o último jogo Arkham adequado que tivemos após Arkham Knight. No que diz respeito aos jogos VR curtos, Arkham VR é incrivelmente bem-sucedido em tudo o que se propõe a fazer, o que é uma façanha rara!

Conta uma história emocionante e não parece uma caixa de brinquedos do Batman desconectada. Você vai se agarrar, lutar contra os bandidos e até mesmo experimentar alucinações, cortesia do Príncipe Crime, mas tudo isso serve a uma narrativa constantemente excitante separada do resto dos jogos.

Do segmento da aventura pelos esgotos à intrincada aplicação do modo de detetive, há muitos vilões para enfrentar, participações especiais e modelos famosos para observar e até mesmo um conjunto de desafios difíceis que dão ao jogo algum valor de repetição genuíno. Muitos podem ignorá-lo devido ao seu escopo limitado em comparação com os jogos de console mais gigantescos com os quais você está acostumado, mas se você sempre quis vestir o capuz e observar a curva dos batarangs no ar – isso é tão próximo quanto você vai conseguir.

4. Batman: The Telltale Series (Temporadas 1 & 2)

Telltale Games saiu em alta com um de seus lançamentos finais sendo a segunda temporada de sua versão do Batman – um olhar revolucionário sobre a relação fascinante de Cavaleiro das Trevas com o Coringa. Embora a primeira temporada tenha sido o excelente, a sua continuação ainda teve muitas reviravoltas e divertidas (mas desajeitadas) sequências de combate para manter os fãs interessados.

Falar sobre o enredo destes jogos iria estragar a aventura, mas a história cuidadosamente se desdobra em uma magia catártica à medida que decisões difíceis o forçam a moldar seu pior inimigo. O jogo força você a escolher entre o código moral do Batman, sua identidade secreta e o sustento de seus amigos, enquanto o ingênuo e cativante John Doe é uma bomba-relógio esperando para explodir em segundo plano.

Este é um jogo absolutamente obrigatório para os fãs do Batman, principalmente pelas questões que aparecem durante a jornada. Você pode impedir o Coringa de se tornar o Coringa? Se essa pergunta o excita, você deve jogar Batman: The Telltale Series.

3. Batman: Arkham Knight

O quarto e último jogo Arkham (pelo menos por agora) saiu em 2015 e foi outro título AAA revolucionário que foi definitivo em sua geração de console. Um jogo magnífico de se olhar, as ruas lisas e os efeitos de partículas de Arkham Knight pareciam de última geração, mesmo que alguns dos novos recursos implementados não funcionassem.

Como muitos apontaram em seu lançamento, o Batmóvel era muito ambicioso e não funcionou como planejado, atrapalhando a fluidez em vez de complementar o movimento do Batman por Gotham City. O jogo introduziu novos gadgets interessantes como o Sintetizador de Voz Jedi Mind Trick-esque, e ainda permitiu a você um maior senso de controle ao jogar como Asa Noturna ou Mulher Gato.

A história de Batman: Arkham Knight é fantástica e trouxe de volta os melhores vilões de Arkham. Tanto o Espantalho quanto o Coringa reapareceram, bem como alguns inimigos emocionantes da tradição mais ampla do Morcego, como Man-Bat e Deathstroke, para completar o resto do jogo. O ‘Arkham Knight’ que dá ao jogo seu homônimo também é um personagem totalmente original, proporcionando intriga e mistério enquanto você navega pela narrativa. Este pode até não ser um game que você goste, mas com certeza é uma ótima aventura!

2. Batman: Arkham City

Como você segue um jogo revolucionário de super-heróis como Arkham Asylum? Bem, simplesmente, você faz Batman: Arkham City. Ao contrário do Asylum, que surgiu do nada para mudar o gênero para sempre, a sequência de Rocksteady foi um sucesso mais calculado.

Ele pegou a base maravilhosa de sua obra-prima e removeu os estabilizadores – o City permitiu que os jogadores explorassem um mundo aberto e detalhado repleto de conteúdo como um cruzado de capa ainda mais poderoso. O combate freeflow foi refinado, transformando cada encontro em um quebra-cabeça envolvente onde o jogador deve decidir quando e como usar seus novos dispositivos para desvendar o IA inimigo.

As abundantes missões secundárias e os easter eggs derramavam uma tradição tentadora em cada canto de seu mundo sombrio, complementado por uma galeria de vilões mais insanos do Batman como Clayface, Hugo Strange e Ra’s al Ghul. Claro, o Coringa de Mark Hamill está de volta, apresentando um desempenho surpreendente até o crescendo inesquecível do jogo.

1. Batman: Arkham Asylum

Batman: Arkham Asylum tinha o elemento surpresa. Há mais de 10 anos atrás, em agosto de 2009, o game da Rocksteady apareceu nas prateleiras das lojas, sendo um jogo incrível e ambicioso de um estúdio relativamente novo que nunca havia tentado nada parecido antes. O que a Rocksteady entregou ainda é amplamente considerado como um dos melhores jogos já feitos, uma reinvenção coesa das marcas do ‘jogo de super-heróis’ que desde então abriu o caminho para muitos títulos revolucionários semelhantes que se inspiraram em seus sistemas.

Como se costuma dizer, menos é mais – e focando o jogo dentro dos limites decrépitos do Asilo Arkham, a empresa criou uma atmosfera na qual você poderia realmente se perder. Em vez de deixar o Batman atacar facilmente qualquer bucha de canhão que ele deseje, empoleirado em arranha-céus em um mundo aberto e sem costura, Asylum capturou o medo e a claustrofobia de ser trancado com seus piores inimigos, fazendo cada encontro valer a pena. Também encorajou a exploração, com os desafios do Charada pedindo para você catalogar artefatos cômicos, revelando uma curiosa tradição sobre vilões menos conhecidos.

Este é um game em que você nem precisa ser um fã de quadrinhos para desfrutar do Arkham Asylum. É uma das melhores histórias já contadas em um videogame, com combates cheios de adrenalina e sequências furtivas colocadas entre cada ponto de fulgor cinematográfico magnificamente atuado pela dublagem de um verdadeiro time de vozes. O Coringa de Mark Hamill rapidamente se consolida como uma das melhores interpretações do personagem, mas não vamos nos esquecer do resto dos vilões, especialmente o Espantalho, cujas sequências de quebra da quarta parede provavelmente serão lembradas como alguns dos momentos mais estimulantes e inspirados em história moderna dos videogames.

Alan Uemura , Observatório de Games.

Fonte: Observatório de Games.

sex, 15 set 2023 16:00:00 -0300

Jogue agora!

Veja as últimas noticias!

9673

Publicidade