Google mostra preocupação com aquisição da Activision Blizzard pela Microsoft

A Microsoft é assolada por mais um lote de preocupações sobre a aquisição pendente da Activision Blizzard, mas desta vez, elas vêm de ninguém menos que Google e Nvidia, dois gigantes da tecnologia extremamente influentes. Desde que a aquisição foi anunciada no início de 2022, algumas empresas suspeitaram de seu efeito na indústria de jogos e além, mas todas as partes diretamente afetadas permaneceram resolutas.

Na verdade, a Microsoft apenas dobrou seus esforços nos últimos dois meses. Com a Bethesda já sob sua proteção, a empresa por trás do sistema operacional Windows, Bing e Xbox pretende avançar com o acordo, o que serviria como um destaque adicional de sua importância na indústria de jogos, especificamente.

De acordo com um relatório recente do Bloomberg, o Google e a Nvidia expressaram preocupação com a maior aquisição de jogos da Microsoft até agora. Fontes afirmam que a Nvidia enfatizou a “necessidade de acesso igual e aberto aos títulos de jogos”, mas vale ressaltar que seu representante não se opôs abertamente à aquisição.

As preocupações da Nvidia foram compartilhadas pelo Google, com as duas empresas apreensivas com a possibilidade de a Microsoft ganhar uma vantagem injusta na nuvem, jogos móveis e nichos de assinatura, embora a Microsoft afirme que não entende as preocupações de aquisição em um sentido mais amplo.

Apesar dessa tentativa de obtusidade, a Microsoft admitiu seu erro ao acusar a FTC de violar a Constituição (Federal Trade Commission, órgão que protege os consumidores nos EUA). O principal oponente da aquisição foi a Sony desde o início, e não é difícil ver por que isso aconteceria. Ou seja, a Sony e a Microsoft se envolveram em um proverbial cabo de guerra por meio de seus respectivos consoles PlayStation e Xbox por um longo tempo, e transformar grandes empresas como Bethesda e Activision Blizzard em estúdios primários poderia ter um efeito imenso no equilíbrio do mercado entre eles.

Enquanto Sony, Nvidia, Google, FTC e várias outras empresas e órgãos governamentais expressaram suas preocupações sobre o acordo, Brasil, Sérvia, Arábia Saudita e Chile já aprovaram a aquisição da Activision Blizzard pela Microsoft, e espera-se que outros países seguirão o exemplo.

Nada é certo neste momento, é claro, e à medida que mais e mais partes fornecem sua visão sobre o negócio, mais complicado se torna todo o calvário.

Via: Eurogamer/Game Rant/Bloomberg

Alan Uemura , Observatório de Games.

Fonte: Observatório de Games.

sex, 13 jan 2023 11:39:50 -0300

Jogue agora!

Veja as últimas noticias!

9686

Publicidade