Guerra entre Rússia e Ucrânia já rende o primeiro game, e também solicita reforços

No último dia 24 de fevereiro, a guerra entre Rússia e Ucrânia completou um ano de duração. E apesar desse pouco tempo (a história mostra que guerras entre países costumam durar anos), o conflito já conseguiu repercutir o suficiente para virar tema de um jogo de videogame. E esse é só começo de uma história que mistura desconforto, tragédia, solidariedade, curiosidade e investimento.

O que é o jogo

Trata-se do game Death From Above (“Morte de cima“, em tradução livre), desenvolvido por Rockodile Games e Octobear Knight Games, produzido e publicado pela Lesser Evil. Ambientado na própria Ucrânia durante o período de guerra contra a Rússia, o jogo é um simulador de drone estilo arcade. 

Nele, o jogador controlará um soldado ucraniano que pilota um drone militar destinado a combater a invasão russa, recuperando equipamentos valiosos e restaurando as linhas de comunicação interrompidas pelo conflito. 

Guerra não era o alvo

Na descrição do projeto, Lesser (Identificado como alguém que atua há pelo menos 15 anos no mercado gamer), assume que uma parte desse conteúdo de Death Form Above já existia, mas não possuía esse tema de guerra até o conflito estourar.

Drone do game também pode atacar pessoas. (Imagem: reprodução Youtube/Lesser Evil).

Originalmente, era um protótipo de jogo de simulação de drones desenvolvido pela Rockodile Games, uma pequena equipe de três programadores da Finlândia. O protótipo consistia em completar pequenos minijogos envolvendo um drone operacional, como transferência de carga, voar em uma rota definida ou competir com oponentes.” informa a página do projeto no KICKSTARTER.

Detalhes de guerra: O drone do game deixa um rastro nas cores da bandeira ucraniana. (Imagem: reprodução Youtube/Lesser Evil).

Entretanto, isso mudou com a guerra, e em apenas seis meses, o conteúdo foi convertido e adaptado para uma temática que procurasse ambientar a região do conflito, o que demandou ampliação da equipe em algumas frentes como design, marketing e produção, empregando gente da Ucrânia, Polônia, Finlândia, Cazaquistão, Alemanha e Portugal.

Alguns membros da missão. (Imagem: Kicstarter)

Precisando de apoio

Assim como a Ucrânia até o presente momento, o jogo também precisa de apoio financeiro para seguir adiante. O projeto abriu uma campanha de financiamento pela plataforma Kickstarter, que durará 30 dias e, caso seja bem-sucedida, ajudará a equipe de desenvolvimento a colaborar com artistas ucranianos para aprimorar o visual, o áudio e o enredo do jogo. 

Ajuda no mundo real

Ainda de acordo com os envolvidos, mais financiamento ajudará o jogo a crescer com recursos e conteúdo, o que vai fazer a diferença inclusive na vida das pessoas diretamente envolvidas na guerra. É o que promete  Hendrik Lesser, diretor do projeto. “Queremos ajudar as pessoas afetadas pela ocupação russa, por isso apoiaremos os artistas ucranianos apresentando seus trabalhos em nosso jogo “, disse Lesser.

O empresário Hendrik Lesser.

Quando Death from Above for lançado no Acesso Antecipado no Steam, 30% da receita líquida das vendas do jogo serão enviadas para duas instituições de caridade ucranianas: Come Back Alive e Army of Drones . Assim que atingirmos o ponto de equilíbrio, essa doação aumentará para 70% de todas as futuras receitas líquidas de jogos, com os 30% finais indo para melhorar ainda mais a produção.” 

Foco na missão. Até o momento, quase US$11 mil foram arrecadados. (Imagem: Kickstarter).

O objetivo é arrecadar $ 26.616, e em quatro dias de projeto já está se aproximando da metade dessa meta.

Dá para brincar com o assunto?

Embora jogos envolvendo questões políticas e polêmicas não sejam uma raridade, (basta lembrar do jogo proibido de Bolsonaro) essa é uma rara oportunidade rara de observar um jogo de videogame surfando acontecendo ‘no hype’ da coisa.

A descrição do projeto aborda essa questão e se posiciona com o seguinte comentário:
Nosso jogo se passa durante um evento sério e trágico da vida real, mas esperamos que nosso jogo seja capaz de trazer um pouco de diversão e alívio aos jogadores quando eles o experimentarem. Nós nos engajamos nesses tópicos porque estamos convencidos de que são essenciais e que o poder dos videogames pode ser uma ferramenta de ativismo político e social. Death From Above não é exceção a isso. Além disso, estamos orgulhosos de ajudar a espalhar a mensagem de apoio à defesa da Ucrânia! 

Quando sai e para qual plataforma

O jogo está programado para PC via Steam, e com data de lançamento planejada para o 2º trimestre de 2023. Contudo, já é possível conferir alguma coisa do game na página oficial do jogo na própria Steam.

Como ajudar

Os interessados em saber mais sobre o projeto, seus criadores e também como ajudar, podem acessar a página oficial da campanha aqui.

Marx Walker , Observatório de Games.

Fonte: Observatório de Games.

dom, 12 mar 2023 11:12:35 -0300

Jogue agora!

Veja as últimas noticias!

10193

Publicidade