Peter Dutton diz que videogames são culpados pela violência contra mulher na Australia

Observatório de Games.

Peter Dutton afirma que os videogames violentos têm parte da culpa pela violência contra as mulheres na Austrália, mas os jogadores não são a razão pela qual eu me sinto insegura ao andar sozinha à noite.

Durante uma entrevista com David Speers no programa Insiders da ABC no domingo, Dutton, líder da oposição australiana, fez comentários sobre os videogames e seu suposto impacto mais amplo. Essas declarações provocaram discussões sobre se os jogos têm um efeito negativo sobre os jovens e se incitam à violência, especialmente contra as mulheres.

Os jogos de computador que os meninos estão jogando, nos quais a violência é uma parte significativa do que é impresso em suas mentes regularmente“, disse Dutton. “O tratamento das mulheres, que eles veem em alguns jogos de computador, o que veem nas redes sociais, a normalização disso, é apenas a falta de educação na sociedade em geral…

Vale ressaltar que esta não é a primeira vez que Dutton apresenta argumentos semelhantes contra os videogames e seu suposto papel na influência de atos violentos. Além disso, ele não é o único político a sugerir isso após eventos violentos, como o ataque a Westfield Bondi, ou tiroteios em massa nos EUA.

No entanto, assim como muitos outros políticos que vinculam videogames e violência, especialmente entre os jovens, o argumento de Dutton não apresenta fatos ou estudos para apoiar suas afirmações.

Há uma série de estudos que indicam que não parece haver uma conexão causal entre jogos violentos e atos violentos na vida real. Em 2023, o Brainstorm Lab de Stanford revisou 82 artigos de pesquisa médica e não encontrou evidências conclusivas. Da mesma forma, um estudo de 2019 da Universidade de Oxford e do Oxford Internet Institute não encontrou associação entre videogames violentos e agressão adolescente.

Os videogames são frequentemente apontados como a “causa” da violência juvenil, juntamente com outros aspectos culturais, como TV, música e mídias sociais. No entanto, a violência contra as mulheres na Austrália é uma questão social complexa que vai além dos videogames ou qualquer outra forma de entretenimento. Isso é evidenciado pelas atitudes e ações de alguns políticos e membros do governo ao longo dos anos.

Enquanto Dutton continua a culpar os videogames, continuarei tomando precauções ao andar sozinha à noite, na esperança de nunca precisar usá-las. A violência contra as mulheres exige uma abordagem mais abrangente e não pode ser atribuída apenas aos videogames.

Via: Kotaku

Victor Danesi , Observatório de Games.

Fonte: Observatório de Games.

qua, 24 abr 2024 12:00:33 -0300

Jogue agora!

Veja as últimas noticias!

10209

Publicidade