The Witcher obtém a pior pontuação no Rotten Tomatoes na história da franquia

The Witcher: Blood Origin ou com o título nacional A Origem, já está disponível na Netflix, mas a prequela da série The Witcher, embora seja atualmente o programa número 1 do canal de streaming, não está exatamente conquistando fãs ou críticos. A série atualmente tem uma pontuação de crítica bastante ruim no Rotten Tomatoes, com apenas 38% de 24 avaliações de críticos no momento em que este artigo foi escrito, enquanto a pontuação do público é ainda pior, com apenas 8% de mais de 1.500 avaliações de usuários.

É uma classificação que é a mais baixa para a franquia em geral. O consenso geral sobre The Witcher: A Origem é que é uma escavação “rasa” da tradição da série que compartilha DNA com a série, mas não tem muito para torná-la memorável. A série prequel de quatro partes estreou em 25 de dezembro e é estrelada por Michelle Yeoh, Jacob Collins-Levy, Sophia Brown e Laurence O’Fuarain, para citar alguns.

Embora muitos críticos não tenham gostado muito de The Witcher: Blood Origin, nem todas as críticas foram negativas. Matthew Aguilar, do ComicBook.com, deu à série uma nota 4 de 5, assim como Alex Maidy, do site JoBlo, que deu nota 8. De qualquer forma, a série está bem abaixo do esperado pela produção e a própria Netflix.

Sinopse da série

Mais de mil anos antes dos acontecimentos de The Witcher, sete párias do mundo dos elfos se unem em uma missão contra um poderoso império. A minissérie possui quatro episódios que já estão na Netflix e ela aparece em primeiro lugar no Top 10 das séries mais vistas no canal de streaming. E você, já assistiu a série? O que achou? Deixe abaixo nos comentários.

Via: ComicBook/JoBlo/Rotten Tomatoes

Alan Uemura , Observatório de Games.

Fonte: Observatório de Games.

ter, 27 dez 2022 11:31:25 -0300




Jogue agora!

Veja as últimas noticias!

5874