Código-fonte de League of Legends é roubado e Riot afronta: “não vamos pagar”

Após sofrer um ataque cibernético há mais de uma semana, a Riot Games confirmou que o código-fonte de League of Legends foi roubado e que eles não pretendem pagar o resgate. A empresa informou ainda que o mesmo aconteceu com Teamfight Tactics e com um sistema anticheat antigo.

Hoje, recebemos um e-mail de resgate. Não é preciso dizer, não vamos pagar. Enquanto esse ataque interrompeu nosso ambiente de construção e pode causar problemas no futuro, o mais importante é que continuamos confiantes de que nenhum dado ou informação pessoal dos jogadores foram comprometidos”, falou a Riot, em comunicado.

O estúdio também admitiu que o roubo pode resultar no desenvolvimento de novas ferramentas de cheats para seus jogos. Agora, a Riot está estudando o impacto da situação e está preparando seus times para que eles possam lançar correções e melhorias o mais rápido possível.

O código-fonte roubado, de acordo com a desenvolvedora, pode ter alguns recursos experimentais e ideias inéditas que ela estava preparando. Porém, enquanto alguns conteúdos podem acabar chegando aos jogadores, a maioria deles está na fase de protótipos e não há garantias de lançamentos.

A empresa afirmou também que já entrou em contato com as autoridades adequadas para lidar com o roubo e com a invasão a seus sistemas. Ela está fazendo ainda uma auditoria interna para detectar onde errou.

Fizemos muito progresso desde a semana passada e acreditamos que vamos ter reparado as coisas no final desta semana, o que vai nos permitir continuar nossa cadência regular de patches daqui em diante”, prometeu.

Parece que nenhum dado das contas de League of Legends ou TFT foi roubado, mas recomenda-se que os jogadores troquem suas senhas de acesso o quanto antes só por precaução.

Via: Felipe Gugelmin/Adrenaline

Karla Sthefany , Observatório de Games.

Fonte: Observatório de Games.

ter, 24 jan 2023 18:23:33 -0300




Jogue agora!

Veja as últimas noticias!

5874